TUDO QUE VOÇE PRECISA SABER SOBRE FINANÇAS PESSOAIS
TUDO QUE VOÇE PRECISA SABER SOBRE FINANÇAS PESSOAIS

Como você cuida de suas finanças pessoais hoje? Independentemente de qual será a sua resposta, ao fechar o mês com saldo positivo ou negativo, você sempre pode melhorar sua relação com o dinheiro.

Se aplica basicamente os mesmos conceitos financeiros de uma empresa, mais simplificando é o nome dado a tudo o que se relaciona com a esfera financeira de um indivíduo.

Seguindo o caminho da gestão das suas finanças, em meio a isso, você ouvirá falar de orçamento, planejamento e fluxo de caixa, entre outras tarefas que fazem parte deste importante aspecto da sua vida.

Você não entende por que nunca “sobra” dinheiro para investir? Ou você está sempre no vermelho? Por que “as contas nunca fecham”? Seu patrimônio parece nunca sair do lugar?
Diante disso você saberá como cuidar de suas finanças pessoais e o quanto ela é fundamental para tudo isso.

Quer saber como se saem os milionários? Agora é a hora, vamos?

O que é gerenciamento de finanças pessoais?

Pessoa digitando em portátil com gráficos em volta de azul.
O que é gerenciamento de finanças pessoais

Sabia que a marca do papel higiênico que você compra faz toda a diferença? e que ao decidir isso, esta se enquadrando como uma pequena decisão, muitas outras são pequenas e vai até as grandes decisões, como a decisão de financiar um veículo ou imóvel. Essas decisões juntas, compõem seu orçamento e determinam sua situação financeira.

Tudo faz parte do planejamento, que é o que define metas e garante que você trabalhará para realizar seus sonhos.

Ao começar o seu planejamento, é de grande importância ser realista sobre o valor de sua receita e suas expectativas de ganhos para os próximos meses.

Os gastos também devem estar alinhados com a realidade, sempre definindo um valor que corresponda à realidade do seu gasto médio atual, e não uma meta do que você gostaria de gastar.

O objetivo aqui é ter uma organização orçamentaria, consequentemente com uma situação financeira mais estável mediante as crises, imprevistos e emergências.

É importante entender sobre finanças pessoais?

Uma mulher com a mão no queixo e uma luz azul com ilustrações de gráficos dentro de sua cabeça.
É importante entender sobre finanças pessoais

Entender esse assunto é tão básico e essencial quanto saber o caminho para casa, usar a internet ou o telefone.

Sem o dinheiro, que é algo fundamental em nossas vidas, não podemos ter acesso a praticamente nada: do básico ao lazer.

Não pense que quem dirige um carro caro, mora em uma casa grande em uma localização privilegiada e tem hábitos luxuosos, entende de finanças pessoais.

Na verdade, são fortes indícios de endividamento e total inadequação das finanças pessoais.

O conhecimento das finanças pessoais permitirá um ciclo virtuoso que começa com o cuidado com o orçamento e o autoconhecimento financeiro, para culminar em investimento e enriquecimento pessoal.

Quais são as vantagens de cuidar bem de suas finanças pessoais.

Uma das vantagens de cuidar bem das suas finanças é ter um maior conforto e segurança no orçamento.

Aqueles que tem uma organização sobre suas finanças, consegue identificar facilmente desperdícios e apontar despesas que podem ser cortadas para garantir folga no fechamento de contas do mês, poupança e investimento.

Com isso, além de ter consciência de como seu dinheiro está sendo gasto, você evita cair em fontes de crédito caros que o prendem a juros abusivos.

Para ter uma vida mais tranquila e com menos pressão, só consegue quem cuida bem de suas finanças pois está preparado para enfrentar o imprevisto ou emergência que possa surgir.

Gaste menos do que ganha.

Um saco branco com sinal de mais verde e outro saco branco com sinal de menos vermelho em parede cinza.
Gaste menos do que ganha.

Sobretudo, você deve ter percebido que estamos falando de “orçamento” e “autoconhecimento financeiro”? Parece óbvio, mas tudo começa com “conhecer-se financeiramente”.

O pior é que muitas pessoas nem acessam seus extratos bancários – e se sim, geralmente não fazem a verificação. As Vezes o obvio passa despercebido ou não sendo visto, como alguns serviços que são cobrados de forma desnecessárias.

Primeiramente comece adquirindo o hábito de olhar frequentemente para o seu extrato, identificando exatamente quanto entra e quanto sai, para chegar ao ponto crucial das finanças pessoais: gastar menos do que ganha.

É elementar, não é? Mas muitas pessoas não conseguem. O fato de não saber e conhecer sobre finanças pessoais, pode fazer o que você acha que é, na realidade NÂO é, por exemplo, há quem pense que está gastando um valor abaixo, quando na verdade gasta bem mais.

Como isso é possível? Mecanismos de crédito, com parcelas supostamente sem juros, que “criam uma sensação de poder de compra”, sem realmente existir.

Ai se faz um parcelamento em várias vezes, que pode começar com um pequeno atraso, e se não resolver logo, isso se tornara uma dívida com acumulo de juros e em algum momento, vai trazer a realidade à tona, por isso será muito difícil reverter a situação.
E tudo isso recai novamente sobre o mesmo ponto já citado: falta de conhecimento e interesse por finanças pessoais.

Depois de adquirir os conhecimentos básicos, para que suas finanças pessoais façam parte do seu dia-a-dia, fica muito mais simples a tarefa de gastar menos do que ganha e, consequentemente investirá essa diferença.

Monitore os gastos (como controlar suas finanças).

Uma lupa com bordas douradas em cima de cédulas de 100 reais.
Monitore os gastos (como controlar suas finanças)

Então como já citamos, precisa saber se você está gastando menos do que você ganha. Saiba que para isso é necessário controlar seus gastos. E como você não pode controlar o que não vê, é fundamental que comece a anotar todas as despesas que fizer.

No momento, não importa se você está fazendo isso por meio de um aplicativo, de uma planilha ou de um caderno, não importa como, mais faça!!!. Para poder saber exatamente como está gastando seu dinheiro e possa identificar possíveis desperdícios e ter suas finanças pessoais sob controle.

Então ao identificá-los (os desperdícios), corte sem piedade. Assim, você aprenderá a controlar suas finanças.

Você assina 400 canais de TV, mas assiste apenas a 2? Cancela!
Paga 600 minutos de voz no celular, mas usando apenas o WhatsApp? Mude para um plano mais barato.

IMPORTANTE: Não há despesas que não possam ser revistas, ate mesmo a moradia.
É muito importante ter contas em dia, para poder investir e viver melhor. Este é o papel fundamental de um bom atendimento das finanças pessoais.

Portanto ao começar a monitorar suas finanças pessoais, você logo notará uma mudança significativa em seus hábitos, melhora na sua relação com o dinheiro e como resultado, verá os frutos desse esforço na forma de economias e investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui