Fundo preto com texto black fridey de cor vermelho e branco com uma etiqueta rosa com carrinho de compras em cima.
BLACK FRIDAY

Uma data esperada por muitos durante o ano, provavelmente você já ouviu alguém do seu círculo familiar ou de amizade, comentar que precisa compra determinado objeto e que espera ansioso(a) pela black friday.

Aqui no Brasil, uma campanha de descontos em lojas surgiu no final da década passada. Com o passar dos anos, ganhou força e se consolidou no calendário comercial nacional, hoje conhecida como black Friday.

O evento apareceu nos Estados Unidos, e é comemorado no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, que tradicionalmente é comemorado na quarta-feira de novembro. Em outras palavras, a Black Friday sempre ocorre na quarta sexta-feira do mês.

Ela é o início das compras de Natal e uma espécie de termômetro para o feriado. Portanto, as lojas físicas e virtuais devem criar campanhas para impulsionar as vendas de final de ano.

Mas se os varejistas devem prestar atenção em vender mais, os consumidores devem tomar cuidado com o excesso.

Então, para economizar dinheiro na Black Friday, toda dica é válida. Além, é claro, de evitar várias pegadinhas que, infelizmente, estão tentando pregar aos mais desavisados.
Então, para aproveitar os descontos que estão por vir no mundo todo, mas sem cair em armadilhas, pegue algumas dicas essenciais!

1. Pense antes de comprar.

Homem em de camisa azul pensando em um carrinho de compras verde em uma nuvem branca em fundo branco.
Pense antes de comprar

Aqui, a pergunta a fazer é: “eu realmente preciso do produto?”. Geralmente o desconto chama muita atenção logo de cara e o consumidor acaba comprando por impulso, mesmo que aquela mercadoria não seja realmente necessária para sua vida.

Portanto, antes de finalizar a compra, pense na diferença que a compra fará em sua vida. Por que você deve comprar? A dica pode ser resumida em: pense e analise por um momento!

2. Solicite a nota fiscal.

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é imprescindível para a compra de qualquer produto. E sua importância é grande quando o assunto é promoções e descontos.

A NF-e prova que o vendedor está legalizado. Além disso, é o documento que você pode enviar para solicitações de troca ou reembolso.

A emissão da nota é importante para a loja, o que comprova o recolhimento dos tributos necessários à Receita Federal, comprovando sua legalidade.

Sem mencionar que é extremamente necessário declarar o imposto de renda – ou você achou que as compras de fim de ano fugiriam dele?

Portanto, peça suas notas fiscais e evite a evasão fiscal.
Dica!

É comum ficarmos confusos diante de vários tipos de notas fiscais. No entanto, entenda melhor como os principais modelos funcionam abaixo:

1- Tem a Nota Fiscal Eletrônica de Produto: documento emitido na venda de produtos físicos;
2- Nota Fiscal Eletrônica de Serviço (NFS-e): documento gerado quando há prestação de serviço;
3- E a Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor (NFCe): fatura emitida pelo varejista.

3. Lembre-se do FRETE!

Desenho de um caminhão azul com texto frete em fundo branco.
FRETE

As compras online se tornaram uma tendência. E os números provam isso. De acordo com a NZN Intelligence, 74% dos consumidores preferem o modo online.

Porém, para economizar na Black Friday, você deve estar ciente dos custos de envio. Em algumas ocasiões, o valor do desconto pode ser muito atraente, mas ao inserir o CEP no carrinho, o frete é calculado e você fica surpreso.

Por isso, antes de fechar a compra, verifique o preço de entrega e pense bem se vale a pena.

4. Pesquise com antecedência.

A Black Friday gera grandes expectativas de compra deste produto dos sonhos a um preço amigável. Mas para saber se o desconto é mesmo um desconto (!), É preciso verificar o valor do produto com antecedência.

Para isso, é claro, você precisa planejar e economizar na Black Friday. Comece pesquisando o valor agora mesmo, observe a evolução dos valores e, quando chegar o dia, veja se aquele desconto é mesmo verdadeiro.

Esse cuidado é necessário para evitar o famoso “meio dobro de tudo”. Infelizmente, algumas lojas aumentam um pouco os preços na véspera da Black Friday, apenas para oferecer descontos falsos no dia.

5. Defina um teto de gastos.

E se for para economizar dinheiro na Black Friday, você precisa se organizar. E isso envolve definir metas de compra dentro de um limite de gastos.

Considere um orçamento compatível com a sua realidade financeira. Um dos maiores problemas é aproveitar tudo o que tem desconto e comprar mais do que você pode. Lembre-se que o início do próximo ano está chegando cheio de novas contas.

Portanto, estabeleça metas e cumpra-as!

6. Cuidado com as prestações.

É comum as pessoas acharem que parcelamento é uma boa ideia, mas nem sempre é assim. O acúmulo de benefícios momentâneos pode comprometer você no futuro.

Portanto, antes de gastar 12x sem juros no cartão de crédito, certifique-se de que seu planejamento financeiro está em dia. Se isso é difícil de saber, pense novamente.

7. Cuidado com lojas não confiáveis

Dedo em cima de um teclado com botão azul com desenho de carrinho de compras e um triangulo com exclamação vermelho em cima.
Cuidado com lojas não confiáveis

A Black Friday é o momento perfeito para os aproveitadores aplicarem golpes ao consumidor. Descontos absurdos podem ser apenas uma tela para que os criminosos tenham acesso a dados importantes, como números de cartão ou banco.

Portanto, se você pretende fazer compras online, certifique-se de que o e-commerce é realmente confiável. Existem sites que podem te ajudar nessa validação, como o Reclame Aqui. Além de economizar dinheiro na Black Friday, você também pode se livrar de um golpe.

8. Pesquise o que você está comprando.

Comprar na Black Friday por impulso, você já viu que não é grande coisa. E adquirir algo sem saber em detalhes também pode ser um obstáculo.

Antes de comprar pesquise o produto. Veja as avaliações de outras pessoas, quais são os detalhes técnicos e garantia. Realize uma breve pesquisa nos comentários na página de compra e dê uma olhada no YouTube também.

Prestar atenção aos detalhes pode garantir que você não se arrependa e perceba que o dinheiro foi gasto incorretamente.

9. Compare

Para você realmente conseguir um bom desconto, é preciso comparar. Na internet, alguns sites podem ser aliados nesta pesquisa: Zoom e Buscapé são os mais utilizados.

A partir daí, você pode comparar quais lojas possuem um determinado produto e quanto cada uma vende dos fornecedores encontrados. Esta informação é importante para que encontre o que procura, a um preço acessível.

Só não se esqueça de comparar o custo de envio e o tempo de entrega também.

10. Antecipe as compras de Natal.

Desenho de uma pessoa com gorro vermelho sentada em uma cadeira vermelha com cartão na mão em frente ao computador em uma mesa com presentes ao lado em fundo verde.
Antecipe as compras de Natal

Historicamente, a Black Friday tem como objetivo começar a fazer as compras do final do ano, principalmente as de Natal.

Então, aproveite: planeje comprar aqueles presentes de Natal agora. Lembre-se, também, que é muito comum que os preços subam no final do ano. Então, planeje, antecipe e divirta-se!

Artigo anteriorComo começar a investir.
Próximo artigoQuitando uma dívida de 30 anos em 10 anos.
Meu nome é Dalila Lima, tenho 25 anos, graduada em administração de empresas e pós graduada em MBA em gestão de recursos humanos e desenvolvimento de equipes. Atualmente trabalho na gestão financeira de uma das maiores academias da minha cidade. Apaixonada pelo setor financeiro e econômico, sempre que tenho algum tempo estou me aprimorando e buscando tudo o que existe atualmente, a fim de agregar conhecimento e compartilhar com todos que desejam a tão esperada liberdade financeira. “Só uma pessoa pode mudar a sua vida: você”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui